Área Restrita
Newsletter
Quinta-Feira, 30 de Outubro de 2014
Notícias
tamanho fonte 12fonte 14fonte 16
Metalúrgicos vão à luta por 12,86% de reajuste salarial
Metalúrgicos vão à luta por 12,86% de reajuste salarialOs metalúrgicos de São José dos Campos e Região aprovaram em assembleia geral realizada nesta quarta-feira, dia 1º, a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2012. Este ano, os trabalhadores vão à luta por reajuste da inflação, aumento real e cláusulas sociais, como licença-paternidade e direito a delegados sindicais. A data-base para toda categoria é setembro.


O índice de reajuste salarial reivindicado é de 12,86% (5,01% de inflação mais 7,48% de aumento real). Este percentual foi calculado com base na previsão de inflação medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), do período de setembro de 2011 a agosto de 2012, somado ao índice médio de produtividade dos grupos patronais nos últimos 12 meses, que foi de 7,48%.
 

Um dos eixos centrais da campanha deste ano é a elevação do piso salarial da categoria, para que fique mais próximo aos R$ 2.383,28, valor recomendado pelo Dieese, e considerado o ideal para garantir o sustento básico de uma família com alimentação, moradia, transporte, vestuário, educação e saúde. O piso da categoria varia de acordo com o setor metalúrgico (autopeças, montadora, eletroeletrônico, máquinas, refrigeração, trefilação, aeronáutico).


Outro ponto forte da pauta é a luta pela liberdade de organização no local de trabalho, pelo direito a eleger delegados de base.


Também serão reivindicadas as chamadas cláusulas sociais, que incluem questões como acesso à creche, licença-paternidade e liberdade para atuação de cipeiros dentro da fábrica. Ao todo, são mais 150 cláusulas.


Campanha Unificada


Mais uma vez, os metalúrgicos de São José, Campinas, Santos e Limeira realizarão a campanha unificada. O índice de reajuste foi construído em conjunto pelos quatro sindicatos no Seminário realizado no último dia 25 e aprovado em assembleias. Juntos, esses sindicatos representam cerca de 150 mil trabalhadores.


A pauta da Campanha será entregue à Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e a outros grupos patronais na próxima terça-feira, dia 7. Somente o setor automotivo receberá a pauta no dia 8.  


Conselho de representantes definirá comandos de mobilização


O Conselho de Representantes do Sindicato reúne-se no dia 11 de agosto, sábado, às 9h, na sede, para definir os Comandos de Mobilização da Campanha Salarial.


“A campanha deste ano será ferrenha. Os metalúrgicos, assim como a maioria dos trabalhadores, estão endividados e dependem de aumento real. Nós produzimos muito para encher os bolsos dos patrões, e vamos exigir nossa parte”, declarou o vice-presidente do Sindicato, Herbert Claros da Silva.



Fonte: Assessoria de Imprensa Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - 02/08/2012
imprimir Outros Enviar para um amigo