Área Restrita
Newsletter
Quarta-Feira, 22 de Outubro de 2014
Notícias
tamanho fonte 12fonte 14fonte 16
Rodoviários de Belo Horizonte e Região Metropolitana decretam greve
Rodoviários de Belo Horizonte e Região Metropolitana decretam greveApós duas assembleias, no dia 9/03, as 10 e 16 horas, os trabalhadores no transporte coletivo urbano de Belo Horizonte e Região Metropolitana, rejeitaram a contraproposta patronal, decidiram entrar em greve, e em protesto, nos dois horários, seguiram em passeata pela avenida Amazonas, uma das principais vias da capital mineira, em direção a prefeitura de Belo Horizonte.


A categoria já havia entrado em estado de greve, no dia 28/02, indicando que a paralisação poderia começar a qualquer momento.


Na última reunião 6/03, os patrões propuseram reajustar em 13% no salário dos motoristas e trocadores - aumento condicionado a elevação de 20 minutos na jornada diária de trabalho - e de 9% para a manutenção e administração. Os empresários também ofereceram um aumento de 6% no ticket-alimentação, R$ 150 na participação dos lucros (para quem ganha até R$ 1.000), e R$ 300 para quem recebe acima desse valor. Outra proposta oferecida é o aumento de 6% linear, mas sem aumento na carga horária.


De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte, STTRBH, filiado a UGT/MG, a categoria quer reajuste salarial de 49% linear, 30 folhas de tíquete-alimentação de R$ 15, a instalação de banheiros femininos nos pontos finais, participação nos lucros e resultados (PLR) e uma jornada de trabalho de seis horas diárias.


Fonte: UGT Minas - 12/03/2012
imprimir Outros Enviar para um amigo