Área Restrita
Newsletter
Sexta-Feira, 31 de Outubro de 2014
Notícias
tamanho fonte 12fonte 14fonte 16
Metalúrgicos de Camaçari (BA) conquistam a maior PLR da Ford no Brasil
Metalúrgicos de Camaçari (BA) conquistam a maior PLR da Ford no BrasilApós meses de negociação, os trabalhadores do Complexo Ford Camaçari podem comemorar. O Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari, filiado à CTB, fechou a maior PLR da Ford no Brasil.


Em reunião realizada na sexta-feira (10), o Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari fechou com a montadora o acordo de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 13.769,00, valor este, que foi aprovado em assembléia, pelos trabalhadores do 1º, 2º e 3º turno. O valor teve um crescimento de 10.8% em relação ao ano de 2012.


"A primeira parcela de R$ 6.400,00, será depositada nesta sexta-feira (17) na conta dos metalúrgicos. O acordo vale por dois anos, e em 2014 o valor será reajustado pelo (INPC + aumento real)", afirma a direção.


Detalhe interessante é que a Ford queria estabelecer um volume inalcançável para o trabalhador, mas graças à insistência do Sindicato as negociações avançaram para um volume dentro do possível de se cumprir. Já o Absenteísmo será contado a partir de maio deste ano.


"Isso é muito positivo, o acordo é um dos melhores do país, superior inclusive ao fechado em montadoras em São Paulo, como a prórpia Ford.  Isso demonstra o quanto a base de Camaçari está conseguindo avançar e servir de exemplo para o movimento metalúrgico no Brasil”, diz Júlio Bonfim, presidente do Sindicato.


Júlio também destaca a participação dos trabalhadores nessa importante conquista. “O acordo reflete o intenso processo de luta do movimento metalúrgico em Camaçari, marcado pelo envolvimento cada vez maior do trabalhador nessas discussões, tanto que as assembléias contaram com a presença em massa de todos os turnos.


É preciso lembrar também, que durante todo esse processo de negociação com a montadora, eles sempre tentaram empurrar goela abaixo, um valor inferior de R$ 12.477,00, mas o Sindicato não  permitiu que isso acontecesse.


Com os excelentes resultados de produção e venda de veículos, a unidade de Camaçari se consolidou como uma das mais lucrativas plantas da Ford em todo o mundo. Por isso, o fechamento de uma PLR justa sempre será a prioridade para o Sindicato. “Deixamos claro que o operário precisa ser valorizado, precisa ser reconhecido como fundamental e a mais importante engrenagem dentro do processo produtivo da fábrica, e uma forma de demonstrar isto, é através de uma PLR digna para os trabalhadores.


"Repartir o bolo com justiça. este resultado, demosntra nosso potencial e da nossa capacidade de luta”, reforça Júlio.


Importante destacar que apesar do fechamento do acordo de PLR, o Sindicato mantém firme outras lutas específicas que estão sendo travadas no Complexo Ford.


Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari - 17/05/2013
imprimir Outros Enviar para um amigo