Notícia - ForaBolsonaro: Já tem atos marcados em quase 100 cidades do Brasil e do exterior

Dentro e fora do país, brasileiros e brasileiras estão organizados para ocupar as ruas de várias cidades, no próximo sábado, 2 de outubro, para exigir o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL). Protestos já estão confirmados em quase 100 cidades do Brasil e do exterior. (Confira a lista das cidades no final)

De acordo com os organizadores – CUT, demais centrais, frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, que integram a Campanha Nacional Fora Bolsonaro  – a data será mais um dia de manifestações de massa, a exemplo das anteriores, realizadas desde maio deste ano e que já levaram milhões de pessoas às ruas.

Motivos para o impeachment não faltam. O Brasil enfrenta crises econômica, sanitária e social e a população, em especial a mais pobre, é a que mais sente os efeitos da incompetência, do descaso com a pandemia do novo coronavírus, e do autoritarismo de Bolsonaro.

Ao contrário do paraíso que Bolsonaro tentou, de forma mentirosa, mostrar em seu discurso na abertura da 76ª Conferência Internacional da Organização Nas Nações Unidas (ONU), o país tem hoje mais de 14,4 milhões de desempregados, a inflação na marca dos dígitos, como há muito não se via e mais de 20 milhões de pessoas passando fome. Com Bolsonaro, mais de dois milhões de famílias entraram em condição de extrema pobreza.

Os aumentos indiscriminados dos preços do alimentos, dos combustíveis e das contas de luz penalizam ainda mais os brasileiros, que sem dinheiro ou com baixa renda viram sua dignidade escoar nos últimos tempos.

Soma-se a isso o criminoso enfrentamento à pandemia por parto do governo que negligenciou a compra de vacinas, fez propaganda de medicamentos ineficazes e desdenhou da crise sanitária desde o início – fatores que, juntos, levaram à morte cerca de quase 600 mil pessoas no Brasil.

“Somente com a pressão das ruas e com atuação unitária pressionando o Congresso Nacional vamos conseguir impedir que mais medidas que destroem o Brasil - via ataques aos direitos, às liberdades, à democracia e à soberania - piorem ainda mais a já caótica situação do país”, diz o presidente da CUT, Sérgio Nobre.

Leia mais: Confira 10 razões para protestar contra Jair Bolsonaro

Engrossando o caldo

Com adesão cada vez maior de entidades representativas da sociedade civil, personalidades do meio artístico, acadêmico e partidos políticos, o #ForaBolsonaro é um movimento crescente que reflete os resultados de todas as pesquisas recentes que mostram a alta rejeição do presidente– o pior que o país já teve.

No meio político, vários partidos, entre eles o PT, Psol, PcdoB, PSB, PDT, Rede, Partido Verde, Cidadania, Solidariedade, PCB, UP, PCO e PSTU, já confirmaram participação nos atos.

Em São Paulo, onde o ato acontece em frente ao MASP, na Avenida Paulista, Fernando Haddad (PT), Luciana Santos (PC do B), Randolfe Rodrigues  e Ciro Gomes (PDT) são algumas das personalidades já confirmadas.

De acordo com reportagem do Brasil de Fato, em Belo Horizonte, mais de 100 entidades já confirmaram participação no ato, que acontece na Praça da Liberdade. Além de movimentos populares, centrais sindicais e partidos políticos, até torcidas organizadas de futebol devem engrossar a manifestação.

Nas redes sociais, a mobilização já começou. Cards indicando locais, postagens e ações como tuitaços estão sendo realizados chamando para o dia 2.

No Paraná, a CUT e centrais sindicais fazem, nesta quarta-feira, uma live, às 18h30, reforçando os atos do dia 2 de outubro. “Esta live reforça a unidade das centrais sindicais na busca de um país democrático e inclusivo”, diz o presidente da CUT Paraná, Marcio Kieller.

Também como esquenta, para o dia 2, nesta quarta-feira (29), ações de rua serão realizadas em todo o país, com distribuição de panfletos e afixação de cartazes como forma de dialogar com a população sobre os motivos que tornam urgente a saída de Bolsonaro do poder.

Impeachment

“Ficar calado, aceitando tudo o que acontece, não pode ser o caminho de quem acredita em outro projeto para o país. Não pode ser o caminho de quem acredita no poder de mobilização da sociedade. Não pode ser o caminho de quem precisa sobreviver”, diz Carmen Foro, Secretária Geral da CUT.

Os atos têm como objetivo pressionar o parlamento para que paute um dos mais de 130 pedidos de impeachment de Bolsonaro, represados sob a tutela de Arthur Lira, (PP-AL), presidente da Casa.

“O dia 2 de outubro é uma ação para pressionar o Congresso brasileiro a abrir o processo de impeachment. Não podemos esperar até outubro de 2022, nas próximas eleições para retirar Bolsonaro do poder. As pesquisas já demostram que a maioria da população não aguenta mais este governo”, reforça o Secretário de Administração e Finanças da CUT, Ariovaldo de Camargo.

Confira onde já tem atos marcados

Norte

AM - Manaus - Caminhada Praça da Saudade | 15h

PA - Bragança - Praça das Bandeiras | 8h

PA - Belém - Caminhada São Brás | 8h

PA - Sousa - Ato Político Cultural | 20h30 (Aguardando Infos)

RO - Porto Velho - Praça das 3 Caixas DÁgua | 15h

RR - Boa Vista - Centro Cívico de Boa Vista | 9h

Nordeste

AL - Arapiraca - Praça da Prefeitura | 9h

AL - Maceió - Praça Centenário | 9h

BA - Irecê - Praça do DERMIR | 8h30

BA - Itabuna - Jardim do Ó - Centro | 09h

BA - Salvador - Campo Grande | 9h

CE - Fortaleza - Praça da Bandeira | 8h

CE - Viçosa do Ceará - Centro (STTR) | 8h

MA - Imperatriz - Praça de Fátima | 16h30

PB - João Pessoa - Carreata Praça da Independência | 9h

PB - João Pessoa - Caminhada Liceu Paraibano | 9h

PE - Recife - Praça de Casa Forte | 17h30 (Ato 30/09)

PE - Recife -  Praça do Derby | 10h

PI - Parnaíba - Praça da Graça - 8h

PI - Teresina - Praça Rio Branco | 9h

RN - Natal - Midway | 15h

SE - Aracaju - Bar da Draga, Coroa do Meio/Aju | 14h30

Centro-Oeste

DF - Brasília - Museu Nacional | 15h30

GO - Formosa - Praça Rui Barbosa | 16h

GO - Goiânia - Ato Político e Cultural Praça do Centenário | 8h

MS - Campo Grande - Praça do Rádio | 9h

MT - Cuiabá - Praça Alencastro | 15h

TO - Palmas - Avenida JK | 8h30

Sudeste

ES - Vitória - Bicicletada Caminhada, Carreata e Motoata na UFES | 14h

MG - Barbacena - Pontilhão | 10h

MG - Belo Horizonte - Praça da Liberdade | 15h30

MG - Três Pontas | 15h (Aguardando Infos)

MG - Uberlândia - Praça Ismene Mendes | 9h30

SP - Araçatuba - Praça João Pessoa | 10h

SP - Campinas - Largo do Rosário | 9h

SP - Embu das Artes - Praça das Artes | 10h

SP - Ilhabela - Praça da Mangueira | 15h

SP - Pindamonhangaba - Praça 7 de setembro | 14h

SP - Piracicaba - Terminal de ônibus - Central de Integração | 9h

SP - Ribeirão Preto - Esquenta na Estação de Trem Rumo a SP | 13h

SP - Santa Cruz do Rio Pardo - Em frente à Igreja de São Benedito | 13h30

SP - Santos - Sambódromo da Av. Afonso Schmidt | 10h

SP - São Paulo - MASP | 13h

SP - Taubaté - Esquenta na Antiga Praça da Eletro (Praça Monsenhor Silva Barros) | 10h

RJ - Rio de Janeiro - 10h - Candelária  

RJ - Rio de Janeiro - Ato Palco da Democracia e pela Vida na Cinelândia | 12h

RJ - Angra dos Reis: 9h - Praça do Papão

RJ - Cabo Frio: 10 horas na Praça Porto Rocha

RJ - Campos: 9h Praça São Salvador

RJ - Macaé: 9h Praça Veríssimo de Melo

RJ - Nova Friburgo: 14 horas - Praça Dermeval Barbosa Moreira

RJ - Petrópolis 11h Praça da Inconfidência

RJ - Resende: 10h Mercado Popular

RJ - Rio das Ostras: 9h PSF do Âncora

RJ - Teresópolis: 9h EM Sakurá (carreata) / 10h Casa de Cultura Fátima (ato cultural)

RJ - Valença: 10h - Grade da Catedral Centro

RJ - Volta Redonda - 09:00h Bairro Retiro

Sul

PR - Cascavel - em frente a Catedral | 9h

PR - Cornélio Procópio - Praça Brasil | 14h

PR - Curitiba - Praça UFPR | 16h

PR - Foz do Iguaçu - Caminhada Praça da Paz | 15h

PR - Foz do Iguaçu - Ato Político Praça da Paz | 18h

PR - Londrina - Calçadão em frente ao Ouro Verde | 15h

PR - Maringá - Praça Raposo Tavares | 15h

SC - Criciúma - Rua da Arquibancada Parque das Nações | 9h30

SC - Florianópolis - Praça da Alfândega | 14h

SC - Blumenau: Praça do Teatro Carlos Gomes |10h

SC - Caçador: Largo Caçanjurê  |10h

SC - Criciúma: Rua da Arquibancada - Parque das Nações |9h30

SC - Chapecó: Praça Central | 9h30

SC - Joinville - Praça da Bandeira | 10h

SC - Lages - Praça do Antídio - 10h

SC - Penha - Av. Alfredo Brunetti | 8h

SC - Timbó - Praça Frederico Donner (Em frente a Thapyoka) | 10h

RS - Cachoeirinha - (Aguardando Infos)

RS - Camaquã - Esquina Democrática | 9h30

RS - Lajeado - Parque do Dick - (Aguardando Infos)

RS - Pelotas - Mercado Público | 10h30

RS - Porto Alegre - Largo Glênio Peres | 14h

RS - Santa Maria - Pça. Saldanha Marinho | 14h

 

Atos no Exterior

Alemanha - Berlim - Pariser Platz, próximo ao Brandemburger Tor | 14h30 (horário local)

Alemanha - Colônia - (Aguardando Infos)

Alemanha - Frankfurt - Römer | 16h às 17h30 (horário local)

Alemanha - Freiburg - Passeata Praça Europa (Europaplatz) até Praça da antiga Sinagoga (Platz der alten Synagoge) no centro de Freiburg | 14h (horário local)

Argentina - Buenos Aires - (Aguardando Infos)

Canadá - Vancouver - (Aguardando Infos)

EUA - Sul da Flórida - (Aguardando Infos)

EUA - Nova York: Stop Bolsonaro/Fora Bolsonaro às 16h, hora local, na Washington Square , Manhattan (no final da Women s March)

Espanha - Madrid | 18h (horário local)

Espanha - Sevilha - Setas de Seville | 12h (horário local)

França - Paris - (Aguardando Infos)

Inglaterra - Londres - (Aguardando Infos) 

Itália - Roma - Habicura Piazzale del Verano | 20h (horário local) (Ato 03/10)

Porto Rico - San Juan - (Aguardando Infos)

Portugal - Braga - Praça da República, em frente ao chafariz | 18h (horário local)

Portugal - Lisboa - Praça D. Pedro IV (Rossio) | 17h (horário local)

Portugal - Lisboa – Largo do Camões | 18h (horário local)


Fonte:  Andre Accarini - CUT / Arte: Frente Nacional Fora Bolsonaro - 28/09/2021


Comentários