Notícia - Força Sindical fortalece mobilização nos estados para atos do dia 24 de Julho

A direção nacional da Força Sindical realizou na manhã desta terça-feira (13) uma reunião virtual, com a participação das lideranças sindicais das instâncias estaduais da Central, para organizar a mobilização nos estados para os atos do dia 24 de julho.
 
Na pauta dos protestos, organizado pelo movimento sindical e movimentos sociais estão, entre outros temas, Auxílio de 600 reais, Vacina já Todos, contra o desemprego, contra a Carestia e Fora Bolsonaro. 
 
As manifestações começam a ganhar cada vez mais força em todo País, diante do agravamento das crises sanitária, econômica e institucional. “Precisamos reforçar a pressão junto aos deputados e senadores, em cada estado, para que nossa pauta seja encaminhada dentro do Congresso”, defendeu Miguel Torres.
 
João Carlos Gonçalves (Juruna), secretário-geral da Central ressaltou que a articulação em cada estado através das centrais sindicais é fundamental para que os protestos do dia 24 de julho sejam bem sucedidos. “É importante que nossa central vá aos atos de forma mobilizada e organizada”, reforçou o sindicalista.
 
O 1º secretário da Força, Sérgio Luiz Leite (Serginho), destacou que o encontrou na Região Sul para debater a Agenda Legislativa da Classe trabalhadora foi extremamente positiva e que o movimento sindical precisa fazer o diálogo com os parlamentares para garantir direitos para os trabalhadores.
 
Uma das preocupações dos sindicalistas, além de pressionar deputados e senadores com relação a Agenda Legislativa é a mobilização dos trabalhadores na base. Os sindicalistas alertaram que os trabalhadores precisam ser conscientes da importância de elegermos candidatos comprometidos com a classe trabalhadora.
 
É importante que as entidades sindicais conscientizem os trabalhadores da participação no ato, respeitando os protocolos sanitários como o distanciamento social, uso de álcool gel e máscara.


Fonte:  Força Sindical - 13/07/2021


Comentários