Notícia - 1º de Maio/SP: Carreatas dos trabalhadores serão solidárias e pedirão Fora Bolsonaro

No próximo sábado, 1º de Maio, Dia dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, as centrais sindicais e movimentos sociais organizam carreatas para denunciar a política genocida do governo federal que já tirou a vida de 400 mil pessoas no Brasil em decorrência da covid-19.

Em São Paulo, as ações serão realizados por meio de carros, motos ou bicicletas e estão previstas para o período da manhã, com saídas de diversos pontos do Estado. As carreatas contam com a participação da CUT São Paulo, CTB, Intersindical Central da Classe Trabalhadora, Intersindical Instrumento de Luta, CSP Conlutas e os movimentos sociais e populares que integram as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

Entre as bandeiras de luta das centrais e movimentos, estão a defesa da vacinação para todas e todos, o fortalecimento do SUS (Sistema Único de Saúde), do auxílio emergencial de 600 reais até o fim da pandemia, dos empregos, a luta contra a volta das aulas presenciais, a fome e a carestia. Os participantes também são contrários à reforma Administrativa e as privatizações, além de pediram o fim do governo de Jair Bolsonaro (ex-PSL).

“Desde o início da pandemia, um em cada quatro trabalhadores perdeu o emprego em São Paulo e quase 4 milhões tiveram suas situações pioradas. Isso reflete a política desastrosa que tem sido aplicada não só aqui no Estado, mas como em todo o país, por meio de governos que negam condições básicas e de dignidade à população. As políticas econômicas de Bolsonaro e Doria têm fechado fábricas, aumentado a fila do desemprego e, pior, trouxe a fome de volta. Por isso, os atos deste ano pedem mudanças urgentes, além de terem o caráter solidário”, afirma Douglas Izzo, presidente da CUT São Paulo.

Na capital, há atos previstos nas regiões Sul, Leste, Norte, Oeste e Centro, com trajetos passando por diversos bairros (confira abaixo). Faixas também serão espalhadas por pontos estratégicos da cidade, como viadutos e ruas de grande circulação.

Já nas cidades que compõem o ABC Paulista, serão três pontos de concentração. Em Santo André, o ato terá início às 10h, na Avenida Artur de Queiróz, 52, no bairro Casa Branca. Também haverá uma saída no mesmo horário da Avenida Dom Pedro I, 743, no Jardim Novo Horizonte, em Rio Grande da Serra. Os participantes dessas duas carreatas se encontrarão na Avenida Portugal, no centro de Mauá, onde será realizado um drive-thru para arrecadação de alimentos. Já a terceira concentração ocorrerá em São Bernardo do Campo, às 9h, em frente ao Estádio 1º de Maio, na Rua Olavo Bilac, 240. Essa carreata seguirá em direção à Praça da Moça, em Diadema, onde também haverá um drive-thru arrecadando doações.

Também na Grande São Paulo, haverá carreatas na região do Alto Tietê com mobilização nas cidades de Arujá, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos, Poá, que se encontram em Suzano, às 10h, na Avenida Brasil, altua do Parque Max Feffer, e segue até o distrito de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes, onde ocorre o encerramento junto com militantes de Mogi que saíram em carreata da região central.

Campinas terá uma carreata organizada pelos sindicatos e movimentos sociais com saída do Largo do Pará, no centro, às 9h30. Os organizadores também arrecadarão alimentos e outras contribuições, que serão doados às famílias em situação de emergência. Para os que não puderem comparecer, mas desejam contribuir, é possível fazê-lo via PIX (BB - chave: 02436062811). Ainda em Campinas, um pouco mais cedo, uma missa será celebrada pela Pastoral Operária na Catedral de Campinas, às 9h. Haverá restrição de participação por conta dos protocolos de saúde.

Em Osasco, a concentração dos participantes deve ocorrer às 9h, em frente à unidade local do Sesc, na Avenida Sport Club Corinthians, às 9h. Os trabalhadores e trabalhadoras dos municípios de Barueri e Carapicuíba se unirão a essa atividade.

Moradores de Pindamonhangaba poderão levar suas doações em sair do carro. Das 8h às 15h, o Sindicato dos Metalúrgicos terá um Drive Thru Solidário, com arrecadação de alimentos que serão destinados a trabalhadores desempregados. Uma tenda será montada em frente à sede do sindicato, na Praça Sete de Setembro, no centro. Já a partir das 19h, terá a live show Samba do Trabalhador, com o grupo Nota Samba. O evento, também solidário, será realizado pela ValeVer TV em parceria com o Sindicato.

Quem está na região do Vale do Paraíba poderá se somar à luta solidária dos trabalhadores e trabalhadoras em apoio aos que estão sob aviso de demissão da LG, após a empresa anunciar o fechamento da fábrica. O ato será em São José dos Campos, a partir das 8h, na portaria da Sun Tech (Rua José Alves de Paiva, 1099/1091 - Bairro Santa Inês 2). Em seguida, às 9h30, lideranças locais organizam um faixaço pela cidade.

Em outras cidades, as entidades sindicais optaram somente por atividades virtuais, como é o caso de Sorocaba, onde o 1º de Maio do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) já é tradicional. Neste ano, a entidade organiza a live solidária “Vacina no braço, comida no prato”, em prol do Banco de Alimentos de Sorocaba, que será realizada a partir das 10h. A transmissão será pelas redes sociais.

Em Araçatuba, o ato virtual terá início também às 10h e reunirá lideranças sindicais e partidárias da região. A transmissão será pelo Facebook das centrais e sindicatos. Já as doações de alimentos, produtos de higiene e outras contribuições podem ser levadas durante a semana na subsede da CUT-SP na Rua Fundador Vicente Franco, 45, no bairro São Joaquim.

Já na Baixada Santista, a CUT e movimentos sociais realizam um ato simbólico nesta sexta-feira, 30 de abril, das 17h às 18h, na Praça das Andradas, no centro de Santos.

AGENDA DAS CARREATAS – 1º de Maio 2021

CAPITAL - SP
Zona Leste
CARREATA 1 (São Mateus / Sapopemba / Vila Prudente / Vila Formosa / Tatuapé)
Concentração a partir das 8h30 na Rua Ursa Menor x Avenida Ragueb Chofhi na altura do número 58 - atrás do Atacadista Assaí, com saída prevista para 9h30 em direção à Praça Brasil, no – Conjunto Residencial José Bonifácio, em Itaquera.

CARREATA 2 (Cidade Tiradentes)
Concentração a partir das 9h, na ETC (Avenida dos Metalúrgicos), com saída às 9h30 em direção à Praça Brasil, no – Conjunto Residencial José Bonifácio, em Itaquera.

CARREATA 3 (Guaianases)
Concentração às 9h no DZ Guaianases (Rua Darcilena) de saem em direção à Praça Brasil, no – Conjunto Residencial José Bonifácio, em Itaquera.

CARREATA 4 (Itaquera)
Concentração às 9h no Largo da Matriz (Rua Flores Do Piauí) partindo em direção à Praça Brasil, no – Conjunto Residencial José Bonifácio, em Itaquera.

CARREATA 5 (São Miguel / Itaim Paulista)
Concentração às 9h na Praça Rotary com saída em direção à Praça Brasil, no – Conjunto Residencial José Bonifácio, em Itaquera.

CARREATA 6 (Vila Formosa / Tatuapé)
Concentração a partir das 8h20 na Rua Costureira, altura do número 777, seguem para encontro com militantes de outros bairros na Rua Ursa Menor x Avenida Ragueb Chofhi na altura do número 58 - atrás do Atacadista Assaí, de onde sem juntos às 9h30 em direção à Praça Brasil, no – Conjunto Residencial José Bonifácio, em Itaquera.

Zona Sul
CARREATA 1 (Santo Amaro)
Concentração às 9h na Avenida Nossa Senhora do Sabará, altura do nº 1.600 (antiga Fábrica Silvania), seguindo até o Cemitério São Luiz (Rua Luis Antônio Verney)

Sudeste
CARREATA 1 (Jabaquara)
Concentração às 9h na Igreja São José (Avenida Engenheiro Armando Arruda Pereira) seguindo até a Estrada de São João Clímaco, onde faz retorno na Igreja e encerra a carreata.

Norte
CARREATA 1
Concentração às 9h na Estrada do Sabão (Sacolão), no Jardim Maristela seguindo até o CEI Indir Vila Maria (Rua dos Condoreiros, 400 - Conjunto Promorar - Vila Maria III)

Oeste
CARREATA 1 (Largo da Batata)
Concentração às 9h nos arredores do Largo da Batata (Rua Padre Carvalho), com saída às 9h30, seguindo até a entrada da Comunidade São Remo, pela rua lateral do Mercado Roldão (Rua Baltazar Rabelo).

Centro
CARREATA 1 (Praça do Patriarca)
Concentração 9h na Praça do Patriarca, saída em direção à Prefeitura, onde faz uma parada, encerrando com no Prédio da Hilton Paes, onde a militância do Diretório Zonal do Centro e forças sociais e políticas se somam ao ato da moradia.

Centro Expandido
CARREATA 1 (Mooca)
Concentração às 9:30 na Rua dos Trilhos, seguindo até a Rua Visconde de Laguna, esquina com a Rua Javari – onde encerra a primeira parte do trajeto do local histórico da primeira Greve Operária do Brasil, em 1917, e segue até a Praça da República para encerramento final da carreata.

ABC PAULISTA
Santo André – Concentração às 10h na Avenida Artur de Queiróz, 52, no bairro Casa Branca.
Rio Grande da Serra – Concentração às 10h na Avenida Dom Pedro I, 743, no Jardim Novo Horizonte. Os participantes dessas duas carreatas se encontrarão na Avenida Portugal, no centro de Mauá, onde será realizado um drive-thru para arrecadação de alimentos.

São Bernardo do Campo – Concentração às 9h em frente ao Estádio 1º de Maio, na Rua Olavo Bilac, 240. Essa carreata seguirá em direção à Praça da Moça, em Diadema, onde também haverá um drive-thru arrecadando doações.

ALTO TIETÊ
Arujá - Concentração a partir das 8h, em frente à Escola Estadual Geraldo Barbosa de Almeida, no bairro Mirante

Itaquaquecetuba – Concentração a partir das 8h, na Avenida Presidente Tancredo Neves, próximo à Estação de Itaquaquecetuba, na altura da antiga Secretaria da Educação.

Ferraz de Vasconcelos – Concentração a partir das 9h, na Avenida Jânio Quadro, altura do número 2.191 (Ethernity Motel)

Suzano – Concentração a partir das 10h, na Avenida Brasil, altura do Parque Max Feffer, onde encontra com as carreatas de Itaquá e Ferraz e segue até o Largo da Feira de Jundiapeba, em Mogi das Cruzes.

Mogi das Cruzes – Concentração a partir das 10h, na Avenida Cívica, próximo ao Ginásio Municipal de Esportes, seguindo até o Largo da Feira de Jundiapeba onde encontra as carreatas de Itaquá, Ferraz e Suzano para o encerramento.

Poá - Concentração às 9h30 na Avenida Vital Brasil altura do nº 1.400.

CAMPINAS
Concentração no Largo do Pará, no centro, às 9h30. Os organizadores arrecadarão alimentos e outras contribuições, que serão doados às famílias em situação de emergência.

OSASCO/CARAPICUÍBA/BARUERI
Concentração em frente ao Sesc Osasco, na Avenida Sport Club Corinthians, às 9h. 

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
8h - Ato Unificado na portaria da Sun Tech - Contra o fechamento da LG e contra as Demissões! Fora Bolsonaro, Vacina para o povo e Auxílio emergencial de 600 já!
Rua José Alves de Paiva, 1099/1091 - Bairro Santa Inês 2

9h30 - Faixaço no Viaduto Santa Inês - Fora Bolsonaro, Vacina Para o povo e Auxílio Emergencial de 600 Já!

PINDAMONHANGABA
Drive Thru Solidário - 1º de Maio - Das 8h às 15h
Leve as doações na sede Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba, na Praça Sete de Setembro, no centro.

Live show Samba do Trabalhador com o grupo Nota Samba
Transmissão pela ValeVer TV

SOROCABA
Live: Vacina do braço, comida no prato, em prol do Banco de Alimentos
1ª de Maio - Das 10h às 12h
No facebook e no Youtube do SMetal

ARAÇATUBA
Ato Virtual Unificado - Macro Região Araçatuba
Das 10h às 12h - No Facebook das entidades sindicais da região

BAIXADA SANTISTA
30 de abril - Das 17h às 18h
Ato Simbólico
Praça das Andradas, no centro de Santos


Fonte:  Redação CUT-SP / ARTE: MARIA DIAS/CUT-SP - 30/04/2021


Comentários