Notícia - Bolsonaro mente sobre fraude em eleições

Ontem (06), o mundo assistiu as cenas lamentáveis da invasão do Congresso americano por apoiadores do presidente derrotado, Donald Trump.

Após discurso do Trump dizendo que os americanos tinham que pressionar deputados e senadores para mudar o resultado das eleições, que ele diz que é fraudulenta, mas não apresentou nenhuma prova disso.

Aqui no Brasil o presidente Jair Bolsonaro tem o mesmo discurso, mesmo antes das eleições americanas, quando no inicio de 2020 disse que a eleição que ele venceu foi fraudada e que teria provas, que até hoje nunca foi apresentada.

Ontem, para seus seguidores do famoso cercadinho do planalto disse:

"O pessoal tem que analisar o que aconteceu nas eleições americanas agora. Basicamente, qual foi o problema, a causa dessa crise toda. Falta de confiança no voto. Então, lá, o pessoal votou e potencializaram o voto pelos correios por causa da tal da pandemia e houve gente lá que votou três, quatro vezes, mortos que votaram. Foi uma festa lá. Ninguém pode negar isso daí", disse Bolsonaro. Continua: "Então, a falta desta confiança levou a este problema que está acontecendo lá. E aqui no Brasil, se tivermos o voto eletrônico em 22, vai ser a mesma coisa”.

Para muitos, isso é um prenúncio do que pode acontecer nas próximas eleições em 2022. Bolsonaro tenta deslegitimar o processo eleitoral brasileiro e já dando uma desculpa em caso de derrota dele.


Fonte:  Redação Mundo Sindical / Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 07/01/2021


Comentários