Notícia - Parlamentares manifestam apoio à campanha #AbrilRespeiteoSindicato

A Campanha #AbrilRespeiteoSindicato recebeu o apoio de diversos parlamentares. Essa campanha reivindica a manutenção da liberação sindical sem prejuízo dos vencimentos do presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), Paulo Zocchi, pela Editora Abril.

O deputado federal por São Paulo, Orlando Silva (PCdoB); a deputada estadual de São Paulo, Leci Brandão (PCdoB) e o deputado estadual de São Paulo, José Américo (PT); o deputado estadual de Minas Gerais, Betão (PT-MG); e o deputado estadual da Bahia, Jacó Lula da Silva (PT-BA) manifestaram-se. Além disso, a Câmara Municipal de Santos aprovou, a partir de iniciativa do vereador Chico Nogueira (PT), a moção de apoio.

O deputado estadual José Américo (PT), que é jornalista, protestou, durante o Pequeno Expediente na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) em 10 de novembro, contra a atitude arbitrária da Editora Abril de convocar o presidente do SJSP, Paulo Zocchi, de volta ao trabalho. “Em um ataque ao Sindicato dos Jornalistas - porque o Sindicato tem questionado [a empresa] pelas irregularidades trabalhistas -, a Editora Abril fez isso [cassou a liberação sindical] com o presidente Paulo Zocchi. Existe um movimento na categoria no sentido de fazer com que o Paulo Zocchi recupere esse direito, que é negociado há muitos anos pela nossa categoria, e tem sido importante para que a gente possa ter uma atividade sindical em defesa do jornalista condizente, e é extremamente importante para termos um Sindicato atuante como temos”, disse Américo.

Já Orlando Silva (PCdoB) remeteu, à Câmara dos Deputados, uma moção de apoio e solidariedade ao presidente do SJSP, Paulo Zocchi, e reivindicou a manutenção da liberação remunerada.

Leci Brandão (PCdoB) usou as redes sociais para divulgar a campanha e manifestar sua solidariedade.

Os deputados Betão (PT-MG) e Jacó Lula da Silva (PT-BA) enviaram moções à Editora Abril solicitando a revogação de sua decisão em cassar a liberação sindical do presidente do SJSP.

A moção de apoio aprovada na Câmara Municipal de Santos teve a iniciativa de Francisco Nogueira (PT), e foi subscrita por Adilson dos Santos Júnior (PTB), Fabrício Cardoso de Oliveira (PSB), Hugo José Duppre (PSDB), Lincoln Aparecido Soares dos Reis (PR), Manoel Constantino dos Santos (MDB), Sadao Nakai (PSDB) e Telma de Souza (PT).

Moções

Até esta quarta-feira (11), o Sindicato já havia recebido a manifestação de 55 entidades, organizações, redações jornalísticas e personalidades em apoio à Campanha. Para conhecer as moções já enviadas, clique aqui. (https://bit.ly/MocoesAbril)

Entidades e organizações solidários à Campanha podem enviar moção à Editora Abril (fabio.carvalho@abril.com.br e paula.branco@abril.com.br) solicitando a continuidade da liberação remunerada do presidente do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo com cópia para o Sindicato (jornalista@sjsp.org.br), conforme modelo abaixo.

 

À Abril S.A.

Ao presidente do Grupo Abril, sr. Fábio Carvalho:

A (nome da entidade) dirige-se à Abril S.A, e a Fábio Carvalho, presidente do Grupo Abril, para reivindicar a manutenção da liberação do trabalho, sem prejuízo de vencimentos, do presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, empregado desta empresa, Paulo Leite Moraes Zocchi (também vice-presidente da Federação Nacional dos Jornalistas). Sua atuação à frente de entidade, de âmbito estadual, exige dedicação integral, como a própria empresa já reconheceu.

A revogação da liberação sindical sem prejuízo de vencimentos só pode ser compreendida como uma inaceitável medida antissindical, como uma retaliação ao Sindicato por defender os interesses dos jornalistas face aos seus empregadores, e, em particular, face ao Grupo Abril. A decisão é um ataque ao exercício do mandato de presidente do SJSP, entidade de destaque na defesa da liberdade de expressão e de imprensa, e da própria democracia, em nosso país. Lamentamos que uma empresa vinculada à área de comunicação adote tal medida contra o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, e reivindicamos do Grupo Abril:

- Manutenção da liberação do jornalista Paulo Leite Moraes Zocchi para o exercício do mandato sindical, sem prejuízo de vencimentos e direitos, até o fim do atual mandato, em agosto de 2021.

ASSINATURA: ____________________________________


Fonte:  Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo - 13/11/2020


Comentários