Notícia - Servidores públicos de São Bernardo farão carreata por direitos no sábado (8)

O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais e Autárquicos de São Bernardo do Campo (Sindserv-SBC) segue insatisfeito com a gestão municipal. Neste sábado (8), o conjunto do funcionalismo fará carreata contra a retirada de direitos, a falta de diálogo da prefeitura com os trabalhadores e o sucateamento dos serviços públicos.

A concentração para o protesto começará às 9h, em frente ao ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib, à Avenida Kennedy, 1155, no Parque Anchieta. A carreata seguirá pelas ruas do centro de São Bernardo do Campo.

De acordo com os servidores, o prefeito Orlando Morando (PSDB) não dialoga com a categoria há três anos. Com data-base em março, o sindicato pressiona a gestão atual para negociar aumento salarial, ampliação dos direitos e, agora, ações frente à pandemia.

Até essa terça-feira (4), o município registrou 26.861 contaminadas e 633 mortes, segundo a Secretaria da Saúde de São Bernardo do Campo.

“Estamos diante de um governo que dá as costas aos trabalhadores e trabalhadoras. Os servidores sofrem o descaso da prefeitura em vários aspectos. Temos cobrado nossos direitos e também a testagem da Covid-19 no retorno dos funcionários infectados pelo novo coronavírus. Nem isso tem sido feito. Junto a isso, a nossa luta é contra a volta às aulas até que tenhamos vacinas à disposição. Chega de mortes”, afirma Vivia Alves Martins, secretária-geral do Sindserv-SBC e secretária de Assuntos Jurídicos da CUT São Paulo.


Fonte:  Vanessa Ramos - CUT São Paulo - 06/08/2020


Comentários