Notícia - SINTETEL garante continuidade do plano médico aos aposentados da CLARO

O SINTETEL, após ser informado pelos trabalhadores das dificuldades financeiras do PAME que gestiona o plano AMAP dos aposentados oriundos da Embratel, procurou a CLARO para uma reunião. 
O objetivo era esclarecer as dúvidas e buscar soluções, visto que o plano já tinha sofrido intervenção da ANS – Agência Nacional da Saúde. 
Na reunião, ficou definido que a CLARO apresentaria outro plano. Foi escolhida a Seguradora Bradesco Saúde, a partir de 1º de junho de 2020, para os trabalhadores que fizerem a adesão. 
Ficou definido também que todos os trabalhadores que tiverem saldo devedor com o plano médico AMAP, terão suas dívidas CANCELADAS!
Segundo a empresa, este novo modelo de plano médico expõe menos o aposentado aos riscos catastróficos de ter de arcar com 15% das despesas totais de cirurgias ou procedimentos de alto custo.
A CLARO também se comprometeu a realizar reuniões periódicas com aposentados para esclarecer todas as dúvidas.
Trabalhadoras e trabalhadores, o SINTETEL deixou claro para a empresa que continuará acompanhando o desenrolar dos acontecimentos e reiterou nas negociações a preocupação total com esta transição, pois está sendo realizada num momento de pandemia e que a faixa etária dos envolvidos é também um dos fatores desta preocupação.
A CLARO garantiu que não haverá carência na transição e que a intervenção da ANS foi o principal motivo para a migração.

Aposentados, quaisquer dúvidas ou crítica ao plano médico procure o Sindicato!
SINTETEL, sempre em defesa dos direitos dos trabalhadores.


Fonte:  Sintetel - 19/05/2020


Comentários