Notícia - Sindicato dos Psicólogos de SP fala sobre o Dia da Luta Antimanicomial

Nesse Dia da Luta Antimanicomial, a presidenta do Sindicato dos Psicólogos de São Paulo (Sinpsi), Fernanda Magano, participou do Jornal Brasil Atual desta segunda-feira (18) que foi transmitido pela TVT e pela Rádio Brasil Atual. 

Fernanda explicou que o ato estava sendo organizado para se chamar “Rua e resistência”, mas que pela pandemia do covid-19 ele passou a se chamar “Luta e resistência” e vai denunciar a medicalização da loucura e a mercantilização da saúde.  

“Hoje a gente tem no governo federal todo um desmonte daquilo que foi construído com muito cuidado, dedicação e amor por familiares que era uma rede de atenção psicossocial”, denunciou explicando que políticas de redução de danos, como o Programa De braços Abertos, criado pela gestão do então prefeito Fernando Haddad, foram substituídas por programas repressivos. 

Um outro ponto que foi chamado a atenção por Fernanda foi que desde o golpe contra a ex-presidenta Dilma Rousseff em 2016 uma série de desmontes vem acontecendo nessa área e também do Sistema Único de Saúde, por isso a importância da participação no ato virtual de hoje.   

Assista na íntegra

https://youtu.be/MYO-3egZB1U


Fonte:   Redação - Sinpsi - 18/05/2020


Comentários