Notícia - Centrais pedem retorno de comissão da verdade no Ministério do Trabalho

Centrais sindicais, entre elas, a CTB, se reuniram nesta segunda-feira (27) com o ministro do Trabalho, Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello, para discutir a continuidade do "Grupo de Trabalho Comissão da Verdade no Ministério do Trabalho".

O grupo, instituído pelo então ministro, Miguel Rossetto, na última semana do governo Dilma, foi regulamentado pelas portarias 1.223/2016 e 94/2018, para apurar os crimes da ditadura empresarial-militar contra o movimento sindical e lideranças dos trabalhadores durante os 21 anos do regime militar.

A criação do colegiado atendia a um pedido feito por nove centrais sindicais, entre elas, a CTB, que esteve presente em todas as atividades promovidas pelo grupo. No entanto, em setembro do ano passado, o então ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, revogou a portaria que criava a comissão, ocasionando a interrupção dos trabalhos.

Segundo o secretário de Relações do Trabalho da CTB, Paulo Vinícius (PV), ontem "o ministro assumiu politicamente o compromisso de retomar o funcionamento do GT, mas o ministério ainda não garantiu os recursos para tal".


Fonte:  De Brasília, Ruth de Souza - Portal CTB - 29/08/2018


Comentários