Buscar
Cadastro Newsletter
Redes Sociais
Acesso aos Editais

Skip Navigation LinksHome > Lista de Notícias > Notícia
Notícia - CSB apoia a Chapa 1 na eleição do Sindicato dos Servidores Públicos de Governador Valadares (MG)
CSB apoia a Chapa 1 na eleição do Sindicato dos Servidores Públicos de Governador Valadares (MG)

A Central do Sindicato Brasileiros (CSB) reitera seu apoio à Chapa 1, que faz parte da atual diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos de Governador Valadares (SINSEM-GV), cidade a 230 km da capital mineira, e cujas eleições estão marcadas para os dias 16,17 e 18 de agosto.

Com um trabalho sólido e sério à frente do sindicato, a chapa, que está em seu primeiro mandato, conseguiu dobrar o número de sindicalizados, além de conquistar importantes melhorias para os trabalhadores. Um dos destaques destas conquistas é a implantação de uma farmácia popular, que em menos de quatro meses de vida, já ajudou mais de 2500 pessoas na aquisição de medicamentos.

Além disso, a Chapa também foi responsável pelo início de uma grande investigação (Operação Mar de Lama) que culminou no processo de cassação de alguns vereadores da cidade por corrupção.

Os servidores também foram contemplados com outros benefícios, como o cantinho do aposentado, que formou na última semana 21 alunos em um curso de informática, a reforma da sede da entidade e uma grande obra no clube de campo, que será inaugurado em breve.

“Nosso prédio era muito antigo e as acomodações eram péssimas, viabilizamos uma reforma onde demos melhor mobilidade e conforto aos usuários do sindicato. Aproveitamos um local que estava sem uso e após reforma fizemos o cantinho do servidor aposentado, onde eles fazem cursos de informática. Isso sem falar do clube, que tem piscina, churrasqueira e um campo de futebol society, que precisamos inaugurar”, disse Dulcineia Costa Marques, que é a candidata a presidente da chapa.

A atual diretoria foi responsável por grandes manifestações contra as reformas e por uma greve que durou 36 dias. Para não desamparar os servidores, a entidade formou um fundo de greve para os participantes.

“Em 30 anos de sindicato fomos a única gestão a criar um fundo de greve. Assim, ninguém teve perda. Nós achamos que o dinheiro da contribuição tem que ser gasto com os servidores”, completou Dulcineia, que na atual gestão é diretora da Saúde dos Trabalhadores e Assuntos Previdenciários.

A Chapa 1 tem planos de ampliação para seus projetos. Parcerias com a faculdade no atendimento médico dos servidores, criação de uma creche e de uma colônia de férias, além do um aprimoramento dos estatutos da saúde e da educação do município também fazem parte da proposta de melhorias. Contando com o apoio da CSB, Dulcineia acredita que apesar das dificuldades que a aprovação da reforma trabalhista trará, o trabalho sério deve fazer a diferença na hora de administrar.

“Essa reforma vai dificultar muito, mas não dá para ser sindicalista de ar-condicionado, tem que sair a campo, tem que buscar a sua base, ampliar o campo e fazer o trabalho. Temos tido um amparo extraordinário, estão nos dando o apoio total, irrestrito e absoluto, além de ideias bacanas. Estamos super contentes com toda ajuda que nós estamos recebendo dessa instituição”, finalizou a dirigente sobre o respaldo da Central.

Entidade que representa mais de 10 mil servidores públicos, o trabalho sério da atual administração foi o motivo para o apoio da Central.

“A postura da diretoria, aliada à importância da categoria e da cidade, que é a mais importante do leste de Minas Gerais, nos fez estar dentro desse projeto de corpo e alma para apoiar a Chapa 1 e para dar continuidade na administração. Nossa militância estará presente durante toda a campanha e durante as eleições”, declarou o secretário de Formação Sindical da CSB, Cosme Nogueira.

Fonte: Portal CSB - 31/07/2017
 
Comentários