Buscar
Cadastro Newsletter
Redes Sociais
Acesso aos Editais

Skip Navigation LinksHome > Lista de Notícias > Notícia
Notícia - Metalúrgicos de Camaçari ameaçam greve caso Ford demita 2 mil
Foto: Divulgação

Foi aprovada nesta sexta-feira (11), greve dos metalúrgicos em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, caso a Ford demita dois mil funcionários até o mês de março de 2016. A decisão ocorreu durante assembléia geral no Complexo Industrial Ford Nordeste, em Camaçari, promovida pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Camaçari filiado a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Para a decisão foram feitas três assembleias, a de sexta-feira, uma na quarta (9) e na segunda, dia 7. De acordo com o presidente do sindicato, Júlio Bonfim, os trabalhadores aprovaram a realização de greve por tempo indeterminado, caso a Ford demita os metalúrgicos em massa.

O sindicato defende que alternativas sejam encontradas, entre as propostas está a implementação de férias coletivas em fevereiro do próximo ano, Lay-off, PDV (Programa de Demissão Voluntária), e em último caso o PPE (Programa de Proteção do Emprego).

Este ano, a meta da produção do Complexo Ford está sendo alcançada, em torno de 187 mil veículos. Para 2016, o objetivo da empresa é produzir de 155 mil a 160 mil carros.

DHL

Recentemente, o sindicato garantiu que 715 trabalhadores da DHL e outras empresas do complexo automotivo fossem absorvidos pela Ford, inclusive com a manutenção da mesma faixa salarial. Outros 66 metalúrgicos foram desligados, entretanto, o sindicato conquistou um abono de R$ 25 mil para cada trabalhador.

Fonte: Bahia no Ar - 14/12/2015
 
Comentários