Buscar
Cadastro Newsletter
Redes Sociais
Acesso aos Editais

Skip Navigation LinksHome > Lista de Notícias > Notícia
Notícia - Trabalhadores da CSP conquistam 30% de periculosidade
Foto: Sintepav-CE

Após sete dias paralisados, os 14 mil trabalhadores da CSP – Companhia Siderúrgica Pecém, conquistaram na manhã de hoje, 15/10 os tão esperados 30% de periculosidade. O pleito pelo percentual já vinha tomando forma desde o ano passado, quando em assembleias, a categoria cobrava o pagamento.

A CSP, estava preparando um laudo para comprovar a necessidade do benefício. Porém, os trabalhadores unidos aos dois sindicatos que representam a categoria, SINTEPAV-CE e SITRAMONTI-CE, agilizaram o processo e atingiram o objetivo.

O adicional de periculosidade é um valor devido ao empregado exposto a atividades periculosas, na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério do Trabalho e Emprego. São consideradas atividades ou operações perigosas, aquelas que, por sua natureza ou métodos de trabalho, impliquem risco acentuado em virtude de exposição permanente do trabalhador a:

- Inflamáveis, explosivos ou energia elétrica;

São periculosas as atividades ou operações, onde a natureza ou os seus métodos de trabalhos configure um contato com substâncias inflamáveis ou explosivos, substâncias radioativas, ou radiação ionizante, ou energia elétrica, em condição de risco acentuado, conforme NR 16.

O valor do adicional de periculosidade será o salário do empregado acrescido de 30%, sem os acréscimos resultantes de gratificações, prêmios ou participações nos lucros da empresa.

O pagamento atenderá todos os trabalhadores da CSP que executem suas atividades no campo, que fazem parte do quadro funcional das empresas contratadas e subcontratadas da Posco E&C e que sejam representados pelo SINTEPAV-CE e SITRAMONTI-CE. O adicional deverá ser pago já na folha de pagamento referente ao mês de outubro/2015.

Os trabalhadores que atualmente recebem Adicional de Insalubridade, deixarão de receber esse provento e passarão a receber o Adicional de Periculosidade.

O outro ponto discutido em assembleia foi o recesso de final de ano. As empresas, apresentaram a seguinte proposta: o recesso seria do dia 18/12/2015 à 04/01/2016 com compensação feita em três sábados. A proposta foi aprovada por unanimidade e a obra foi retomada nesta manhã.

Essa foi mais uma conquista dos trabalhadores que junto aos seus sindicatos alcançaram mais melhorias econômicas e também sociais que fará diferença na vida de cada um.

Fonte: Assessoria de imprensa do Sintepav-CE - 15/10/2015
 
Comentários