Buscar
Cadastro Newsletter
Redes Sociais
Acesso aos Editais

Skip Navigation LinksHome > Lista de Notícias > Notícia
Notícia - Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba e demais entidades participam do Ato em Memórias as vítimas de acidentes do trabalho
Foto: Mateus Medeiros

O Conespi (Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba), juntamente com outras entidades sindicais, como Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba, Sindicato dos Bancários, Alimentação, Construção Civil, Papeleiros, Aposentados, dentre outros, realizaram (28/4), às 9 horas, na Praça José Bonifácio, o ato em memória as vítimas de acidentes e doenças do trabalho.

Com o slogan “Prevenção é o melhor remédio”, o movimento teve o objetivo de conscientizar a população a fim de evitar mais acidentes e também para que os trabalhadores não exponham suas vidas em riscos.

Em memória as vítimas os manifestantes fizeram um minuto de silêncio. Também trouxeram faixas com palavras de luto, cartazes em defesa a vida, velas foram acesas e um caixão representando as vítimas de acidente de trabalho foi colocado no chão da praça.  

A Câmara dos Vereadores de Piracicaba aprovou o dia municipal em memória as vítimas de acidente de trabalho. De acordo com o presidente da Câmara Matheus Erler, se os empresários investissem mais no trabalhador, esse dia não estaria acontecendo. “Trabalhador que morre vítima de acidente, não tem a vida substituída”, disse.

Para marcar o ato, uma encenação teatral foi realizada mostrando a dor sofrida por familiares das vítimas.

O presidente da Associação dos Metalúrgicos Aposentados e Pensionistas de Piracicaba, Juraci Góes, Magal, relatou as condições que os trabalhadores estão vivendo no ambiente de trabalho. “Muitos realizam suas atividades sem equipamentos de proteção”, comentou.

Segundo dados do Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador), no ano de 2014, em Piracicaba, foram 10.133 acidentes, sendo 7 vítimas fatais. No Brasil foram mais de 700 mil acidentes de trabalho.

De acordo com João Carlos Cimeni, João Bigode, diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba, temos que chamar a atenção dos governantes para os riscos que ocorrem com os trabalhadores. “É um momento de refletir, prestar homenagem e também conscientizar os trabalhadores”, destacou.

Fonte: Assessoria de imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba - 28/04/2015
 
Comentários