Notícia - Metroviários organizam ato público na 5ª

Os metroviários estão preparando um grande ato público para 3 de julho (quinta-feira). O Ato pelo Direito de Greve e pela Readmissão dos Metroviários será realizado na Sala do Estudante do Largo São Francisco (Faculdade de Direito da USP), a partir das 18h. 

No dia 9 de junho, 42 metroviários foram demitidos por justa causa pelo governo estadual por realizarem uma greve entre 5 e 9 de junho. Desde então, o Sindicato dos Metroviários de São Paulo está buscando de todas as formas a readmissão desses trabalhadores. 

A demissão por motivação de greve fere as Convenções 98 e 135 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), ratificadas pelo governo federal, que garantem o direito à negociação coletiva e combatem as práticas antissindicais. 

Por isso, o ato contará com a presença de juristas e advogados que têm em seus currículos a defesa do direito de greve. Já estão confirmados os seguintes palestrantes: Jorge Luiz Souto Maior (professor da Faculdade de Direito da USP), Francisco Gérson Marques de Lima (professor da Universidade Federal do Ceará e membro do Ministério Público do Trabalho do Ceará) e Cezar Britto (ex-presidente da OAB Nacional e advogado de várias entidades sindicais). 


Fonte:  Sindicato dos Metroviários de SP - 02/07/2014


Comentários