Buscar
Cadastro Newsletter
Redes Sociais
Acesso aos Editais

Skip Navigation LinksHome > Lista de Notícias > Notícia
Notícia - Movimento sindical define agenda e participação no ato em defesa da Petrobras no dia 3
Movimento sindical define agenda e participação no ato em defesa da Petrobras no dia 3

Com o objetivo de construir agenda unitária de luta contra a ameaça de votação da Reforma da Previdência e denunciar as consequências da Reforma Trabalhista, as centrais sindicais (CTB, UGT, Nova Central, Força Sindical, CUT e CSB) se reuniram nesta segunda-feira (25), em São Paulo.

Participaram pela CTB Pascoal Carneiro, presidente da CTB Bahia; Wagner Gomes, secretário geral da CTB Nacional; e Adilson Araujo, presidente da CTB.

"A CTB entende que o momento cobra uma atuação concreta, conectada com as bases e sem perder de vista a luta Institucional. O momento cobra luta e resistência para defender os direitos e denunciar a agenda regressiva que Temer tem implementado desde maio de 2016", afirmou Adilson Araújo.

"A CTB entende que o momento cobra uma atuação concreta, conectada com as bases e sem perder de vista a luta Institucional".

E completou: "A CTB nunca se furtou ao embate unificado com as demais centrais. O tempo cobra unidade da classe trabalhadora em torno de uma agenda que tenha por centro a defesa dos direitos, a retomada do crescimento e a geração de emprego com valorização do trabalho".

Agenda

As centrais sindicais tiraram como agenda nova reunião dia 2 de outubro, na sede da Força Sindical, às 8h30, para fechar agenda de luta e material unitário denunciando a retirada dos direitos.

Também foi indicado que as centrais sindicais participarão no próximo do 3 de outubro de ato em defesa da Petrobras que acontecerá em todas as capitais e principais cidades do país.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro o ato terá concentração às 11h na porta da Eletrobras. Às 13h, a concentração seguirá em caminhada até a sede Petrobras.

Fonte: Joanne Mota para o Portal CTB - 26/09/2017
 
Comentários