Notícia - Sindpd receberá doações para o projeto "Rede Brasil Contra o Vírus"

Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Sindpd passa a ser ponto central de coleta de doações de filamentos e faceshields para o projeto Rede Brasil Contra o Vírus, que está contribuindo na confecção de equipamentos de proteção para os profissionais de saúde e respiradores para o enfrentamento da pandemia do coronavírus. Neste momento o projeto também está recebendo a doação de outros EPIs como óculos, luvas e macacões.

A parceria irá auxiliar as questões de logística para que tanto a confecção quanto a distribuição possam acontecer de forma rápida e chegar a tempo aos hospitais.

O projeto Rede Brasil Contra o Vírus nasceu da iniciativa da engenheira bioquímica Thabata Ganga, inspirada na atividade de engenheiros italianos, que se mobilizaram para ajudar a conter a crise do coronavírus realizando impressões em 3D de faceshields, por exemplo. Segundo Thabata, a prioridade está em desenvolver equipamentos de dois grupos: segurança e ventilação.

No primeiro grupo inclui todo tipo de equipamento que pode proteger os profissionais da saúde como óculos, máscaras, macacões e viseiras.

O segundo grupo visa a fabricação de ventiladores, essenciais para pacientes na UTI. "Mapeamos mais de 20 mil ventiladores quebrados, e ainda assim, a demanda é muito maior. Estamos fazendo pesquisas com ajuda de universidades, que estão desenvolvendo modelos, tomando as medidas para fabricação dos ventiladores, que precisam ser feitos em ambiente estéril e a ideia é industrializar em parceria com indústrias nacionais, que estão disponíveis para mudar a linha de produção para fazer esses equipamentos", afirma Thabata.

Atualmente têm aproximadamente 1000 pessoas de diversas áreas cadastradas no formulário de apoiadores, além de grupos criados no Telegram e diversos outros grupos que desenvolvem alternativas semelhantes.

Para Thabata, é gratificante ver o grupo crescendo e o projeto se concretizando para ajudar a salvar vidas. "Movimentei as minhas redes de contatos de makers, fablabs e cientistas e começamos a pensar em alternativas para ajudar a saúde do país nesse momento, é maravilhoso ver que as pessoas do Brasil inteiro estão se mobilizando voluntariamente para buscar soluções tecnológicas para combater a pandemia, isso é muito importante" comemorou a idealizadora do projeto.

Para mais informações sobre como ser doador, acesse: brasilcontraovirus.com


Fonte:  Sindpd - 31/03/2020


Comentários