Notícia - Trabalhadores dos Correios suspendem greve

As federações FINDECT e FENTECT decidiram em assembleia que a categoria voltasse ao trabalho até o julgamento do dissídio pelo TST no dia 2 de outubro. A greve da categoria teve inicio no dia 10 de setembro.

A ECT (Empresa de Correios e Telégrafos) que estava se recusando a negociar com a categoria só mudou de ideia após a deflagração da greve e segundo as entidades representativas, foi uma das maiores já realizadas.

A empresa não voltou a renegociar e apresentou uma proposta ao TST para reposição da inflação e manutenção dos direitos. Eles continuaram alegando o rombo de R$ 3 bi e insistindo em reajustar os salários abaixo da inflação e ainda modificar 45 cláusulas que retirariam direitos históricos da categoria.

As direções da FINDECT e dos Sindicatos filiados orientam pela manutenção da mobilização e aluta continua para garantir a manutenção do ACT e dos direitos, a reposição da inflação e o pagamento dos dias parados.


Fonte:  Redação Mundo Sindical com informações do Sintect-SP - 18/09/2019


Comentários