Notícia - Metalúrgicos da região protestam contra reforma da Previdência

Metalúrgicos de sete empresas da região participaram de assembleias, na manhã dessa sexta-feira (28), dia de protestos contra a reforma da Previdência na base do Sindicato.

Além de reafirmarem a posição contrária à proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro, os trabalhadores da ElginSobraerFriuli Usimoren, em São José, MWL, em Caçapava, e Latas Ball, em Jacareí, também miraram o deputado federal Eduardo Cury (PSDB). O parlamentar e ex-prefeito de São José é defensor ferrenho das mudanças nas regras da aposentadoria.

Com a iniciativa, o Sindicato inicia uma campanha para pressionar o deputado tucano a rever a sua postura frontalmente contra os trabalhadores. Outras entidades sindicais também vão aderir à mobilização contra Cury.

Assembleias
Em seus discursos, os dirigentes sindicais destacaram os principais ataques que estão previstos na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que altera as regras para concessão de aposentadorias, pensões e benefícios assistenciais.

Também explicaram a necessidade de pressionar os defensores desses ataques, para que votem contra o projeto. Cury já declarou, por mais de uma vez, seu apoio à reforma e, por isso, foi escolhido como principal alvo da campanha.

“Os metalúrgicos da região já entenderam os ataques contidos nessa reforma e exigem que Cury vote contra o projeto, que é tão prejudicial aos trabalhadores, principalmente os mais pobres”, disse o presidente do Sindicato, Weller Gonçalves.

12 de julho
As centrais sindicais já definiram o próximo Dia Nacional de Protestos contra a reforma: dia 12 de julho. Será mais uma oportunidade para que a classe trabalhadora mostre o seu rechaço à PEC da Previdência.

A reforma está atualmente em tramitação na Câmara dos Deputados. O governo Bolsonaro tenta articular a votação do texto antes do recesso dos parlamentares, que começa no dia 18. Até lá, a tarefa será aumentar a mobilização para barrar essa proposta cruel.


Fonte:  sindicato dos metalúrgicos - 28/06/2019


Comentários