Informativos
Visualizar no navegador | Enviar para um amigo
 
 
 
Informativos | Notícias | Contato
Revista Mundo Sindical - 2019: Ano Crucial

Olá amigos,

Começo desejando a todos forças renovadas para 2019. Estamos diante de um novo presidente e um novo Congresso. Temos consciência de que será “um ano crucial” para o mundo do trabalho e sindical.

Suas lideranças precisam estar presentes e agir em defesa dos direitos trabalhistas e da sustentabilidade dos sindicatos, abalados pela reforma trabalhista (Lei 13.467/17) e agora pela extinção do Ministério do Trabalho. “É chegada a hora de as entidades sindicais, sejam patronais ou laborais, assumirem o protagonismo e as rédeas das negociações, das inovações, da prestação de serviços de qualidade às suas categorias”, afirma o advogado Fábio Lemos Zanão em entrevista exclusiva à Mundo Sindical.“O direito coletivo e o direito sindical precisam ser levados a sério”, diz o mestre em Direito. “Aquele sindicalismo de confronto acabou.”

Na mesma linha se posiciona o procurador do Ministério Público do Trabalho do Ceará, Francisco Gérson Marques de Lima. Em recente palestra no Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, disse “ser preciso muita calma nessa hora. Os desafios só estão começando”. O momento é de paciência e de se preparar para a reação. Para ele, o sindicato precisa “politizar o trabalhador e convencê-lo a se filiar e contribuir para a entidade sindical. Esse é o desafio”.

Com o intuito de aprofundar o debate em torno das ações concretas que estão sendo definidas, trazemos para você iniciativas, opiniões e desabafos dospresidentes de sete centrais sindicais. De modo geral, há a determinação de apresentar ao governo uma agenda positiva, trabalhar pelo aumento da sindicalização e defender a legalidade de uma contribuição sindical aprovada, em assembleia, pela maioria dos trabalhadores de uma categoria.

Essa questão da contribuição ganhou forte apoio do Ministério Público do Trabalho (pág. 7). A nota técnica número 2 da Conalis (Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical), vinculada ao MPT, emitida no final de outubro, reconhece expressamente o custeio sindical por meio da cobrança de contribuição assistencial aprovada em assembleia da categoria e extensiva a trabalhadores não sindicalizados. No final de novembro, foi a vez de a Câmara de Coordenação e Revisão do MPT reforçar a nota da Conalis. Decidiu que as assembleias são soberanas.

Nesta primeira edição de 2019, você terá duas reportagens com balanços do ano que passou - uma sobre o desmonte das entidades sindicais brasileiras com o fim contribuição anual e o recuo do número de sindicalizados provocado pela crise econômica; outra sobre o fracasso da reforma trabalhista, que não gerou os 2 milhões de empregos prometidos pelo governo. A informalidade explodiu. Não deixe de compartilhar, também, o sentimento de perda pela extinção do Ministério do Trabalho,criado em 1930, e reportagem sobre o futuro do emprego. Por fim, acompanhe novidades do nosso setor nas três páginas do Giro Sindical.


Clique aqui para ler a revista.

Beijos,

Sandra Campos
Editoral da Revista e Portal Mundo Sindical
Celular 11-948-137-799

 
Metroviários da CBTU deliberam greve em Minas Gerais
  Os metroviários de Minas Gerais aprovaram nesta terça-feira (11), em assembleia, uma greve da categoria a partir do dia 18 deste mês
VER MAIS

Em conferência, metalúrgicos do Brasil e Alemanha debatem o trabalho do futuro
  Durante 5ª Conferência Expressões da Globalização, trabalhadores e especialistas relataram experiências em seus respectivos países
VER MAIS

Sindpd: Categoria está unida e preparada para a Campanha Salarial 2019
  Em aprovação unânime da pauta de reinvindicações da Convenção Coletiva do próximo ano, trabalhadores de TI de todo o estado de São Paulo estão ao lado...
VER MAIS

Cobra e Fenadados montam conluio para sabotar eleição de representante dos trabalhadores
  Após agirem conjuntamente para tentar impor acordo prejudicial para a base, empresa suspende processo eleitoral para evitar que trabalhadores tenham v...
VER MAIS

Sintratel realizará a primeira reunião das negociações com o Sintelmark
  Nesta quinta-feira (13), o Sintratel realizará a primeira reunião das negociações com o Sintelmark
VER MAIS

Mais de 40% dos jovens formados ocupam postos de menor qualificação
  Pelo menos 44,2% dos jovens entre 24 a 35 anos formados no ensino superior exercem atualmente trabalhos que requerem menor qualificação do que a escol...
VER MAIS

Sindicalistas e empresários criticam decisão do Copom de manter Selic em 6,5% ao ano
  Representantes das indústrias avaliaram hoje a decisão do Copom de manter a taxa Selic em 6,5% ao ano, na última reunião do órgão do ano. Para o setor...
VER MAIS

Lei trabalhista tem que se aproximar da informalidade, diz Bolsonaro
  Em reunião com deputados do DEM, nesta quarta-feira (12), em Brasília, Jair Bolsonaro, defendeu mudanças nas leis trabalhistas para que elas se aproxi...
VER MAIS

Governo brasileiro é denunciado na OIT por violar normas internacionais
  Entidades sindicais constroem unidade para denunciar o Estado brasileiro à OIT pelo descumprimento da Convenção 151, que garante o direito à negociaçã...
VER MAIS

UGT participa de ato ecumênico em comemoração aos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos
  A União Geral dos Trabalhadores (UGT) esteve presente ao ato ecumênico, realizado na Catedral da Sé, em São Paulo, nesta segunda-feira (10), em comemo...
VER MAIS

Mulheres educadoras na resistência democrática. Ninguém solta a mão de ninguém!
  Buscar entender a realidade em que nos inserimos a partir de diferentes visões da conjuntura, para atuar sobre ela foi o objetivo da reunião do Coleti...
VER MAIS

Senado debate diretrizes nacionais para os planos de carreira dos profissionais da educação
  A Comissão de Educação do Senado Federal iniciou hoje a discussão do PLC 88/2018 (oriundo do PL 1.287/11, da Câmara dos Deputados), que estabelece dir...
VER MAIS

Vitória: projeto "Escola Sem Partido" é arquivado
  Vitória da resistência do setor educacional brasileiro: os parlamentares da oposição derrotaram o projeto denominado "Escola sem Partido".
VER MAIS

Sinthoresp faz ação sindical no restaurante Paris 6
  A equipe do Sinthoresp tem intensificado o trabalho de base, realizando uma série de visitas a restaurantes, bares e lanchonetes.
VER MAIS

 

 
 
 
 
 

Facebook Twitter YouTube