Artigo - As mulheres e a reforma da Previdência

A proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo prejudica e penaliza o povo brasileiro e, principalmente, as trabalhadoras.

Manifesto aqui nossa indignação e alerto a sociedade brasileira sobre esta nefasta Reforma da Previdência, que tem entre suas principais mudanças a de igualar as idades entre homens e mulheres, o que coloca em xeque a conquista dos direitos adquiridos pelas mulheres ao longo de anos de luta.

Todos serão prejudicados, é verdade, mas as mulheres serão ainda mais, pois, além de receber salários inferiores aos dos homens, existem diferenças marcantes na forma de trabalho exercido por homens e mulheres.

Outra questão que preocupa bastante é a desvinculação dos benefícios previdenciários do salário mínimo. Isto sem dúvida alguma vai afetar fortemente a vida das mulheres e dos trabalhadores de uma forma geral.

A luta para barrar a reforma da Previdência é uma tarefa de todos nós, e diante deste quadro alarmante conclamamos todos os homens e todas as mulheres a irem às ruas, portas de fábricas, estabelecimentos comerciais, para alertar e esclarecer a sociedade sobre a Reforma da Previdência que é uma forma de violência contra os direitos das mulheres trabalhadoras.

Vamos a luta companheiras e companheiros!


Maria Auxiliadora dos Santos
Secretária Nacional de Políticas para as Mulheres da Força Sindical